Aprendendo Com A Música: The Unforgiven – Metallica 55


~ Never be, never see – Won’t see what might have been ~

Música The Unforgiven Metallica

Uma das maiores bandas do rock sem dúvida nenhuma é o Metallica. No artigo de hoje, nós estudaremos um grande clássico da banda que alguns leitores pediram e queriam ver aqui no Inglês Com Rock: a música “The Unforgiven”.

Esta canção faz parte do álbum intitulado “Metallica”, lançado em novembro de 1992. Ela fala basicamente sobre os esforços de um indivíduo na luta contra aqueles que tentam reprimí-lo e subjugá-lo.

Além desta canção, “The Unforgiven” ainda possui duas sequências, as quais veremos futuramente também aqui no Inglês Com Rock.

Falando um pouco sobre a banda, o Metallica é uma banda de metal formada na cidade de Los Angeles, na Califórnia. O início de tudo foi ano de 1981, quando o vocalista James Hetfield respondeu à um anúncio publicado em um jornal local pelo baterista Lars Ulrich. O guitarrista Kirk Hammet chegou à banda em 1983, e três anos depois, em 1986, o Metallica viria a perder seu baixista em um acidente com o ônibus da turnê européia. O ônibus deslizou em uma rodovia congelada e Cliff Burton veio a falecer nesta tragédia. Com a morte de Burton, os integrantes da banda questionaram o futuro da banda, mas com o apoio dos familiares do ex-baxista a banda seguiu em frente. Atualmente, o baixista do grupo é o Robert Trujillo, membro desde 2003. Durante a história da banda, alguns outros músicos também tiverem uma pequena participação.

Well, let’s learn English now!

Abaixo estão o vídeo e a letra da música. Curta este grande clássico e logo após continue lendo para aprender com esta excelente canção!

Enjoy!

Vamos Curtir Um Som!

The Unforgiven
Metallica

New blood joins this earth
And quickly he’s subdued
Through constant pained disgrace
The young boy learns their rules

With time, the child draws in
This whipping boy done wrong
Deprived of all his thoughts
The young man struggles on and on, he’s known
A vow unto his own
That never from this day
His will they’ll take away

What I’ve felt
What I’ve known
Never shined through in what I’ve shown
Never be
Never see
Won’t see what might have been

What I’ve felt
What I’ve known
Never shined through in what I’ve shown
Never free
Never me
So I dub thee “Unforgiven”

They dedicate their lives
To running all of his
He tries to please them all
This bitter man he is

Throughout his life the same
He’s battled constantly
This fight he cannot win
A tired man they see no longer cares
The old man then prepares
To die regretfully
That old man here is me

What I’ve felt
What I’ve known
Never shined through in what I’ve shown
Never be
Never see
Won’t see what might have been

What I’ve felt
What I’ve known
Never shined through in what I’ve shown
Never free
Never me
So I dub thee “Unforgiven”

What I’ve felt
What I’ve known
Never shined through in what I’ve shown
Never be
Never see
Won’t see what might have been

What I’ve felt
What I’ve known
Never shined through in what I’ve shown
Never free
Never me
So I dub thee “Unforgiven”

Never free
Never me
So I dub thee “Unforgiven”

You labeled me
I’ll label you
So I dub thee “Unforgiven”

Vamos Estudar A Letra!

The Unforgiven (Os Imperdoáveis)

Começando este estudo pelo título da música, a palavra unforgiven tem como significados não perdoado, não desculpado. Como veremos ao longo da análise da letra, o autor da canção se refere sempre à “eles”, ou seja, ele fala diretamente não para uma só pessoa, mas para a sociedade, talvez. Tudo depende, como sempre, da sua interpretação e de como a letra faz sentido para você. Com essa informação, a tradução mais adequada para the unforgiven é os imperdoáveis.

So, let’s start this lesson!

New blood joins this earth
And quickly he’s subdued
Through constant pained disgrace
The young boy learns their rules

New blood joins this earth (Sangue novo junta-se à esta terra) / And quickly he’s subdued (E rapidamente ele é subjugado) / Through constant pained disgrace (Pela constante e dolorosa desgraça) / The young boy learns their rules (O jovem menino aprende as regras deles).

No primeiro verso nós temos a palavra new. New aqui significa novo, mas também tem outros significados como recente, moderno, fresco. A palavra blood significa sangue. Assim, em new blood nós temos sangue novo. Logo a seguir, temos a palavra joins, que é o mesmo que join, um verbo que aparece acrescentado de um “s” no final devido à estar relacionado diretamente à terceira pessoa do singular (neste caso, o he), e tem como significados mais comuns juntar, unir, atar, ligar. A palavra earth tem como sinônimo terra. Quando dizemos que alguém “join” alguma coisa, queremos transmitir a ideia de que esse alguém se juntou à alguma coisa. No caso deste verso, provavelmente ele se refere ao nascimento do personagem da canção, que chega à nossa terra (por isso o “sangue novo”, ou seja, uma nova pessoa). Então, a tradução correta deste verso fica assim: new blood joins this earth = sangue novo junta-se à esta terra.

No próximo verso, vemos a palavra quickly. Quickly significa rapidamente, depressa, prontamente. Mais adiante nós temos a palavra subdued, que vem do verbo subdue, cujos significados mais comuns são subjugar, dominar, submeter. Assim, juntando he’s (he is) com subdued, nós temos he’s subdued, que significa ele é subjugado, ou ele é dominado. Traduzindo o verso completo, nós temos o seguinte: and quickly he’s subdued = e rapidamente ele é subjugado / e rapidamente ele é dominado.

No terceiro verso, nós encontramos a palavra through. Through tem como sinônimos através, por, dentro, de lado a lado, direto. A seguir temos a palavra constant, que não tem segredo nenhum e significa mesmo constante, contínuo, permanente. Ainda no mesmo verso, vemos a parte pained disgrace. Pained significa algo doloroso, penoso, triste, aflitivo. Já disgrace significa desgraça, desonra, vexame, vergonha. Para simplificar, podemos traduzir pained disgrace então como dolorosa desgraça, dolorosa desonra, triste desgraça. Continuando o raciocínio aplicado sobre os versos anteriores, vamos conferir a tradução da frase toda agora: through constant pained disgrace = pela constante e dolorosa desgraça / através de uma constante e dolorosa desgraça / por uma constante e triste desgraça.

No quarto verso do primeiro trecho da música, nós temos o começo the young boy learns. Young significa jovem, moço, novo. Já boy significa garoto, menino, rapaz. A palavra learns vem do verbo learn, e mais uma vez temos mais uma palavra que aparece acrescentada de um “s” no final, por ser um verbo que está se relacionando diretamente à terceira pessoa do singular (no caso, o he). Learn tem como significados mais comuns aprender, descobrir, estudar, informar-se, decorar. Assim, the young boy learns significa o jovem menino aprende, o jovem garoto aprende, ou até o jovem menino descobre, o jovem garoto descobre. Já na parte their rules, a palavra their tem como significados deles ou delas, mas neste caso, o correto é usar o deles. Rules significa regras, costumes, práticas. Desse modo, their rules naturalmente significa suas regras, seus costumes. Confira a tradução correta do verso completo: the young boy learns their rules = o jovem menino aprende suas regras / o jovem garoto aprende suas regras / o jovem menino descobre suas regras / o jovem garoto aprende seus costumes.

Vamos para o segundo trecho da música:

With time, the child draws in
This whipping boy done wrong
Deprived of all his thoughts
The young man struggles on and on, he’s known
A vow unto his own
That never from this day
His will they’ll take away

With time, the child draws in (Com o tempo, a criança é atraída) / This whipping boy done wrong (Este rapaz massacrado foi enganado) / Deprived of all his thoughts (Desprovido de todos os seus pensamentos) / The young man struggles on and on, he’s know (O jovem garoto continua lutando, pois ele guarda) / A vow unto his own (Uma promessa para si mesmo) / That never from this day (Que nunca a partir deste dia) / His will they’ll take away (Sua vontade lhe tirarão).

No primeiro verso do trecho acima, nós temos o começo with time. With time significa com o tempo, ao longo do tempo. Logo à frente, nós encontramos a palavra child, que tem como significado criança. Já a expressão draws in (o mesmo que draw in), significa atrair uma pessoa, envolver alguém em uma intriga. Com essas informações, podemos conferir a tradução correta do verso completo: with time, the child draws in = com o tempo, a criança é atraída / ao longo do tempo, a criança acaba sendo atraída.

Seguindo para o segundo verso, this whipping boy done wrong, nós podemos aprender um pouco sobre a expressão whipping boy. Whipping boy se refere basicamente à alguém punido injustamente pelos erros dos outros, uma vítima. Para uma boa aplicação desta expressão de acordo com o contexto geral da música, podemos traduzir whipping boy, na minha opinião, como um rapaz massacrado, um rapaz abatido, um rapaz derrotado. Já a parte done wrong, se traduzida ao pé da letra, resulta em feito errado, feito de forma errada. Como uma tradução assim não ficaria boa em conjunto com o resto da frase e sabendo que esta parte se refere ao whipping boy (rapaz massacrado ou abatido), podemos interpretar done wrong como foi enganado. Veja o verso completo traduzido de acordo com as explicações: this whipping boy done wrong = este rapaz massacrado foi enganado / este rapaz abatido foi enganado / este rapaz derrotado foi enganado. Lembre-se sempre que é muito importante fazer traduções levando em conta o contexto geral da música. O contexto deve ser sempre analisado e compreendido, e as traduções não precisam ser necessariamente levadas todas ao pé da letra. É fundamental fazer interpretações corretas de acordo com o contexto da música para que se obtenha a melhor compreensão possível de sua mensagem.

Continuando, chegamos ao verso deprived of all his thoughts. A palavra deprived tem como significados desprovido, aquele a quem algo foi negado ou retirado. Já a palavra thoughts significa pensamentos. Logo, deprived of all his thoughts pode ser traduzido como desprovido de todos os seus pensamentos. Note que antes de thoughts é usado o his, devido ao personagem da canção ser um garoto/homem. Se fosse uma garota/mulher, usaríamos o her. Fácil de compreender isso, certo? Ok, então vamos adiante!

No verso seguinte, nós temos a parte the young man, que também pode ser traduzida como o jovem garoto. A palavra struggles, que aparece logo após, vem de struggle e corresponde aos nossos verbos lutar, esforçar-se, brigar, e também pode significar luta, esforço. Neste caso, o mais correto é aplicar algum dos verbos mencionados. A pequena expressão on and on, já apareceu em um das músicas que estudamos aqui no blog, que inclusive possui vários versos que utilizam o on após algum verbo. O post do qual eu falo é o Aprendendo Com A Música: The Show Must Go On – Queen. Só para relembrar ou explicar caso você não conheça o significado de on and on, esta expressão pode ser traduzida como de novo e de novo, continuamente, repetidamente, sem intervalo. Seguindo esta ideia, algumas traduções para struggles on and on nesta música podem ser: continua lutando, luta continuamente, continua batalhando, batalha continuamente. Ainda na mesma frase, nós temos o final he’s known. Essa parte, se traduzida ao pé da letra, resulta em algo como ele é conhecido. Porém, isso não faria sentido na frase. Para interpretar melhor este pequeno pedaço, podemos ligar ele ao próximo verso, que explicarei a seguir.

No verso seguinte, a vow unto his own, nós temos a palavra vow. Vow significa promessa, juramento, e também pode significar os nossos verbos jurar, prometer. A palavra unto é uma preposição e significa para, até ou por. Em his own, se traduzirmos ao pé da letra, nós obtemos seu próprio, sua própria. Para facilitar a interpretação deste verso, podemos traduzir a vow como uma promessa e unto his own como para si mesmo. Veja o verso completo traduzido corretamente: a vow unto his own = uma promessa para si mesmo. Agora que sabemos a tradução deste verso, fica mais fácil entender o he’s known do verso anterior. Como nós vimos, a parte the young man struggles on and on diz que o jovem garoto continua lutando (contra o que os outros impõem à ele). O he’s known que aparece em seguida, nos transmite a ideia de que ele tem o conhecimento sobre alguma coisa específica (no caso, a promessa que ele fez para ele mesmo). Se ele tem o conhecimento, ele guarda isso consigo. Então, ao invés de traduzirmos he’s known como ele é conhecido, o mais correto a se fazer é levar em conta o contexto em que essa frase está sendo aplicada e interpretá-la de algumas outras formas mais adequadas. Veja algumas ótimas possibilidades analisando o verso completo: the young man struggles on and on, he’s known = o jovem garoto continua lutando, pois ele guarda / o jovem garoto continua lutando, pois ele carrega consigo / o jovem garoto continua lutando, pois ele sabe de. Isso pode ficar meio confuso, mas juntando estas possíveis interpretações com o verso a vow unto his own, você perceberá que faz sentido o pensamento que aplicamos nesta parte. Apenas para concluir este raciocínio, confira agora os dois versos juntos traduzidos corretamente: the young man struggles on and on, he’s known a vow unto his own = o jovem garoto continua lutando, pois ele guarda uma promessa para si mesmo / o jovem garoto continua lutando, pois ele carrega consigo uma promessa para si mesmo / o jovem garoto continua lutando, pois ele sabe de uma promessa para si mesmo.

Partindo para o sexto verso deste trecho da canção, nós temos a frase that never from this day. Essa frase é muito simples, mas se traduzida ao pé da letra não fica nada boa, pois resultaria em algo como isso nunca do deste dia. Como podemos ver, seria uma frase absurdamente sem sentido para nós :D. A parte that never from significa que nunca a partir de. Já this day significa deste dia. Assim, traduzindo o verso completo corretamente, nós temos: that never from this day = que nunca a partir deste dia.

No último verso antes do refrão, his will they’ll take away, nós temos mais uma frase bem simples de entender. A palavra will tem como significados mais comuns vontade, força de vontade. Logo, em his will, nós temos sua vontade. Lembre-se que nesta música está sendo bastante utilizado o his pois estamos falando do garoto/homem personagem da canção. O his está diretamente relacionado ao pronome he (ele). Em seguida, nós temos a contração they’ll, que nada mais é do que they will. Nesta parte, o will aparece novamente só que com outro sentido: o de expressar uma ideia que poderia acontecer no futuro. Em take away nós temos uma expressão que pode ser traduzida como levar para longe, ou simplesmente levar, tirar. Vamos conferir este verso todo traduzido agora: his will they’ll take away = sua vontade lhe tirarão / sua vontade eles tirarão.

Analisando esta primeira parte da música, na minha opinião, notamos claramente que o autor utiliza em sua narrativa um personagem que desde sua chegada ao mundo já sofria com as injustiças e opressões que as outras pessoas, enfim, a sociedade, lhe impunham. Mesmo convivendo com tudo o que há de ruim à sua volta, ele decide manter uma promessa consigo de que ninguém iria conseguir tirar a vontade que ele tinha de se libertar de tudo isso e viver sua vida em paz. Esta é apenas a minha interpretação, ok? Como sempre, você pode e deve interpretar as canções da maneira que elas fizerem sentido para você.

Muito bem, agora vamos para o primeiro refrão:

What I’ve felt
What I’ve known
Never shined through in what I’ve shown
Never be
Never see
Won’t see what might have been

What I’ve felt (O que eu senti) / What I’ve known (O que eu soube) / Never shined through in what I’ve shown (Nunca se refletiu no que eu demonstrei) / Never be (Nunca ser) / Never see (Nunca ver) / Won’t see what might have been (Não verei o que eu poderia ter sido).

Na primeira frase do refrão, nós vemos a contração I’ve, que é o mesmo que I have. I have significa eu tenho. Já a palavra felt é o passado do verbo feel, que significa sentir, experimentar, ou até perceber. Traduzindo bem ao pé da letra a frase, nós temos o que eu tenho sentido. Essa tradução não fica ruim, mas também podemos traduzir simplesmente como o que eu senti.

Na segunda frase, nós temos uma frase muito semelhante à que vimos acima. A palavra known aqui corresponde ao passado do verbo know, que significa saber, conhecer, entender, ter conhecimento. Traduzindo também ao pé da letra esta frase, nós temos o que eu tenho sabido, ou o que eu tenho percebido. Para uma melhor aplicação, podemos traduzir simplesmente como o que eu soube, ou o que eu percebi.

Chegando ao terceiro verso, nós temos o começo never shined. Never significa nunca, jamais. Shined é o passado do verbo shine, que tem como sinônimos mais comuns transparecer, refletir, resplandecer, distinguir, brilhar. Neste verso, a tradução mais adequada de never shined é nunca transpareceu, nunca refletiu, nunca se refletiu, nunca resplandeceu. Mais adiante nós temos a palavra through, que tem como significados através, por dentro, direto. No final do verso, in what I’ve shown, a palavra shown corresponde ao passado do verbo show, e tem como sinônimos mais comuns mostrar, demonstrar, apresentar, exibir, ensinar, testemunhar. Os significados que melhores se aplicam aqui são mostrar, exibir. Traduzindo ao pé da letra esta parte final, nós temos no que eu tenho demonstrado. Para facilitar, podemos interpretar simplesmente como no que eu demonstrei. Vejamos o verso todo traduzido da forma correta agora: never shined through in what I’ve shown = nunca se refletiu no que eu demonstrei.

No próximo verso, nós temos never be. Be nada mais é do que o famosíssimo verbo ser ou estar. Neste caso, a tradução correta fica como nunca ser.

No verso seguinte, never see, nós temos o verbo see, que significa ver, enxergar. Portanto, a tradução de never see é simplesmente nunca ver, nunca enxergar.

Concluindo a primeira parte do refrão, nós podemos aprender com o verso won’t see what might have been. A contração won’t é o mesmo que will not, e é utilizada para expressar a ideia de que algo não irá acontecer. Após esta contração, o verbo see (ver) aparece novamente. Em seguida nós vemos a palavra might, que tem como significados possível, pode ser, provável. Em have been, nós temos o equivalente à ter sido, pois temos o been, passado do verbo be (ser ou estar). O verso completo traduzido corretamente então fica assim: won’t see what might have been = não verei o que eu poderia ter sido / não verei o que poderia ter sido.

E o refrão continua para a sua segunda parte:

What I’ve felt
What I’ve known
Never shined through in what I’ve shown
Never free
Never me
So I dub thee “Unforgiven”

What I’ve felt (O que eu senti) / What I’ve known (O que eu soube) / Never shined through in what I’ve shown (Nunca se refletiu no que eu demonstrei) / Never free (Nunca livre) / Never me (Nunca eu mesmo) / So I dub thee “Unforgiven” (Então eu os nomeio “Imperdoáveis”).

Neste trecho acima, os três primeiros versos são exatamente iguais aos da primeira parte do refrão. No quarto verso, porém, nós temos never free. Free significa livre, independente, liberto, e também tem outros significados bastante comuns como grátis, gratuitamente, além de verbos como libertar, livrar. Neste caso, a tradução correta de never free é muito simples: nunca livre.

No quinto verso, nós temos never me, que significa nunca eu mesmo.

No último verso do refrão, nós podemos aprender mais algumas palavras interessantes. A palavra so significa então, assim, portanto. A pequena palavra dub tem como significados mais comuns apelidar, nomear, dar um apelido, batizar. A palavra thee corresponde aos pronomes te ou ti, que usamos para se referir à você ou vocês. Como vimos no começo do estudo desta música, unforgiven significa imperdoável, aquele que não se perdoa, ou neste caso, imperdoáveis, pois o personagem da canção não se refere somente à uma pessoa. Com essas informações, uma tradução correta para so I dub thee “Unforgiven” é então eu os nomeio “Imperdoáveis”, ou então eu nomeio vocês “Imperdoáveis”, ou ainda então eu lhes nomeio “Imperdoáveis”.

Novamente através da mensagem do refrão, nós podemos perceber o quanto o personagem sofreu e não conseguiu ser como ele queria, vivendo reprimido, nunca livre, e como o próprio autor da música diz, sem saber o que ele poderia ter sido.

E a música continua! Vamos aprender mais um pouco:

They dedicate their lives
To running all of his
He tries to please them all
This bitter man he is

They dedicate their lives (Eles dedicam suas vidas) / To running all of his (Para tirar tudo dele) / He tries to please them all (Ele tenta agradar à todos eles) / This bitter man he is (Este homem amargo que ele é).

No verso they dedicate their lives, nós temos a palavra dedicate. Dedicate significa dedicar. They é um pronome relacionado à terceira pessoa do plural, que portanto significa eles ou elas. Já a palavra their significa seus ou suas, e é utilizada somente quando usamos o pronome they, como ocorre neste verso. Já a palavra lives é o plural de life, que tem como significado mais comum vida. Com essas informações, este verso fica corretamente traduzido da seguinte maneira: they dedicate their lives = eles dedicam suas vidas.

No verso seguinte, nós encontramos uma frase que não fica corretamente traduzida ao pé da letra. Se traduzirmos to running all of his normalmente, nós teremos algo como para correr tudo dele. Como podemos ver, fica uma frase sem sentido e esquisita para nós. A palavra running vem do verbo run, que tem como sinônimos correr, fugir, escapar, realizar, entre vários outros possíveis. Continuando o a ideia iniciada no verso anterior, a interpretação correta aqui é de que aqueles que faziam o personagem da canção viver uma vida reprimida se dedicavam a tirar tudo o que tinha importância para ele, tudo o que tinha valor para ele. Sendo assim, uma tradução bem adequada para running neste caso é simplesmente tirar. Veja a frase completa traduzida de acordo com esta ideia: to running all of his = para tirar tudo dele.

No terceiro verso, temos a parte he tries to please. A palavra tries é o mesmo que try, que corresponde aos nossos verbos tentar, testar. Neste caso, o significado que melhor se aplica é tentar. Note que, como a palavra aparece em conjunto com o pronome he, ela perdeu o “y” e recebeu a terminação “ies”. Isso acontece porque quando um verbo está em conjunto com algum pronome da terceira pessoa do singular (he, she ou it), normalmente é adicionado uma terminação com “s” ou com “es”, ou ainda, em alguns casos, “ies”, como neste verso. Portanto, seria incorreto escrever he try to please. A palavra please neste verso significa agradar, satisfazer. Já no final them all, nós temos o pronome them, utilizado para fazer referência à terceira pessoa do plural, ou seja, eles, elas, os, as. Vamos conferir como fica este verso corretamente traduzido: he tries to please them all = ele tenta agradar à todos eles / ele tenta satisfazer todos eles.

No quarto verso, não temos nenhum segredo. A palavra mais interessante que podemos aprender é bitter. Bitter tem como sinônimos amargo, amargurado, triste. Assim, a parte bitter man que vemos no verso pode ser interpretada como um homem amargurado, um homem triste, um homem amargo. This bitter man he is = este homem amargo que ele é / este homem triste que ele é / este homem amargurado que ele é.

E a canção continua nos contando mais um pouco sobre a difícil vida do personagem assim:

Throughout his life the same
He’s battled constantly
This fight he cannot win
A tired man they see no longer cares
The old man then prepares
To die regretfully
That old man here is me

Throughout his life the same (Por toda sua vida o mesmo) / He’s battled constantly (Lutou constantemente) / This fight he cannot win (Essa batalha ele não pode vencer) / A tired man they see no longer cares (O homem cansado que eles vêem não se importa mais) / The old man then prepares (O velho homem então se prepara) / To die regretfully (Para morrer cheio de arrependimentos) / That old man here is me (Este velho homem sou eu).

No primeiro verso, a palavra throughout tem como significados por todo, por toda, durante. Já em his life, temos sua vida, e no final the same, nós temos o equivalente à o mesmo, ou a mesma coisa. Então, algumas traduções corretas para throughout his life the same podem ser: por toda sua vida o mesmo / por toda sua vida a mesma coisa / durante toda sua vida o mesmo / durante toda sua vida a mesma coisa.

No próximo verso, nós temos a parte he’s battled. He’s é o mesmo que he is, e significa ele é ou ele está. Já a palavra battled vem do verbo battle, que significa lutar, batalhar. Mais adiante na mesma frase existe a palavra constantly. Constantly significa constantemente, com frequência, de modo fixo. Traduzindo o verso ao pé da letra, obtemos algo como ele é batalhado constantemente. Como podemos ver, o verso fica meio sem sentido, por isso, na minha opinião, podemos interpretá-lo de outras formas diferentes que ficariam melhores. Veja as possibilidades de interpretação: he’s battled constantly = ele batalhou constantemente / ele lutou constantemente.

Chegando ao terceiro verso, nós encontramos mais uma palavra se referindo à lutas e batalhas. A palavra fight tem como significados mais comuns lutar, batalhar, combater, disputar, guerrear. Neste caso, o significado mais adequado para fight não está para nenhum verbo, mas sim para os sinônimos luta, batalha, briga, disputa, combate. A palavra cannot significa não poder, não conseguir, não ter permissão. Já a palavra win tem como sinônimos vencer, ganhar. Assim, em this fight he cannot win nós temos: essa batalha ele não pode vencer / essa batalha ele não pode ganhar / essa batalha ele não consegue vencer.

Continuando, no quarto verso nós encontramos a palavra tired. Tired significa cansado, exausto, fatigado. Portanto, em a tired man nós temos um homem cansado. Em they see, nós temos eles vêem, pois há o verbo see, que significa ver, olhar, enxergar. Podemos notar que antes de they see não há a preposição that, que poderia ser incluída na frase. A preposição that tem como tradução a nossa preposição que, porém ela pode ser omitida antes de pronomes pessoais, como acontece neste verso (no caso o pronome pessoal é o they). É muito comum na linguagem falada no dia-a-dia omitir o that nessas situações. Então, para resumir, se a frase estivesse escrita como a tired man that they see, ela também estaria correta. Já a parte final no longer cares deve ser interpretada como não se importa mais. Com essas informações, podemos ver como fica a tradução correta desta frase. Vamos conferir: a tired man they see no longer cares = o homem cansado que eles vêem não se importa mais / o homem exausto que eles vêem não se importa mais.

No verso seguinte, nós temos a palavra old sucedida pela palavra man. Old significa velho, antigo, idoso, veterano. Assim, em the old man nós temos o homem velho, ou o velho homem. A palavra then, assim mesmo com “e” (tenha cuidado para não confundir com than com “a”, pois esta é uma outra palavra com outro significado), tem como sinônimos então, por isso, portanto. A palavra prepares, recebendo um “s” em sua terminação por estar se referindo à terceira pessoa do singular, vem de prepare, que tem como significados mais comuns preparar, aprontar, estar preparado para, acomodar. Logo, as traduções mais corretas para the old man then prepares ficam assim: o velho homem então se prepara / o velho homem então se apronta.

O quinto verso é muito simples. A palavra die significa morrer, falecer. Já a palavra regretfully tem como significados de modo arrependido, cheio de arrependimentos. Sendo assim, to die regretfully pode ser traduzido como para morrer arrependido, ou então, para morrer cheio de arrependimentos.

O último verso deste trecho começa com that old man, que significa este velho homem, ou aquele velho homem. A palavra here significa aqui, mas podemos até excluí-la na tradução que a frase ainda ficará boa. No final is me, nós temos sou eu. Logo, that old man here is me = este velho homem sou eu / aquele velho homem sou eu / este velho homem aqui sou eu / aquele velho homem aqui sou eu.

Analisando este trecho da música, percebemos que o narrador noz diz que a vida do personagem principal sempre foi difícil, tendo que lutar constantemente contra coisas e situações das quais ele não poderia vencer nunca. Ele resolve então se entregar, já muito cansado ao final de sua vida, e arrependido por não ter feito as coisas que gostaria, por não ter vivido da maneira que queria. No último verso ele ainda nos entrega uma surpresa: este personagem é ele mesmo e esta é a sua triste história. Portanto, podemos tirar uma bela lição desta música – nunca deixe de viver a vida da maneira que você mais gosta, nem deixe que as pessoas te controlem e te impeçam de fazer as coisas que você tem vontade de fazer. Seja livre e aproveite muito bem a sua vida!

Muito bem! Mensagem absorvida, agora a canção chega novamente ao seu refrão, que é exatamente igual ao anterior:

What I’ve felt
What I’ve known
Never shined through in what I’ve shown
Never be
Never see
Won’t see what might have been

What I’ve felt (O que eu senti) / What I’ve known (O que eu soube) / Never shined through in what I’ve shown (Nunca se refletiu no que eu demonstrei) / Never be (Nunca ser) / Never see (Nunca ver) / Won’t see what might have been (Não verei o que eu poderia ter sido).

What I’ve felt
What I’ve known
Never shined through in what I’ve shown
Never free
Never me
So I dub thee “Unforgiven”

What I’ve felt (O que eu senti) / What I’ve known (O que eu soube) / Never shined through in what I’ve shown (Nunca se refletiu no que eu demonstrei) / Never free (Nunca livre) / Never me (Nunca eu mesmo) / So I dub thee “Unforgiven” (Então eu os nomeio “Imperdoáveis”).

Logo após o maravilhoso solo de guitarra, novamente temos o refrão:

What I’ve felt
What I’ve known
Never shined through in what I’ve shown
Never be
Never see
Won’t see what might have been

What I’ve felt (O que eu senti) / What I’ve known (O que eu soube) / Never shined through in what I’ve shown (Nunca se refletiu no que eu demonstrei) / Never be (Nunca ser) / Never see (Nunca ver) / Won’t see what might have been (Não verei o que eu poderia ter sido).

What I’ve felt
What I’ve known
Never shined through in what I’ve shown
Never free
Never me
So I dub thee “Unforgiven”

What I’ve felt (O que eu senti) / What I’ve known (O que eu soube) / Never shined through in what I’ve shown (Nunca se refletiu no que eu demonstrei) / Never free (Nunca livre) / Never me (Nunca eu mesmo) / So I dub thee “Unforgiven” (Então eu os nomeio “Imperdoáveis”).

E chegamos ao final deste grande clássico com estes pequenos trechos abaixo:

Never free
Never me
So I dub thee “Unforgiven”

Never free (Nunca livre) / Never me (Nunca eu mesmo) / So I dub thee “Unforgiven” (Então eu os nomeio “Imperdoáveis”).

You labeled me
I’ll label you
So I dub thee “Unforgiven”

You labeled me (Vocês me rotularam) / I’ll label you (Eu vou rotular vocês) / So I dub thee “Unforgiven” (Então eu os nomeio “Imperdoáveis”).

Neste último trecho, nós podemos aproveitar para aprender mais algumas curiosidades. Nos dois primeiros versos, nós temos as palavras labeled e label. Label tem como significados rotular, pôr etiqueta, classificar, designar. Uma tradução que cai muito bem para este caso é rotular. Assim, em you labeled me, nós temos como tradução mais adequada vocês me rotularam. Como muitos já sabem, para dizermos vocês em inglês, usamos you guys ao invés de somente you. Porém, como pudemos ver ao longo do estudo desta música, o narrador sempre se refere à “eles”, ou seja, várias pessoas. Portanto, ficaria incorreto aplicar uma tradução para you labeled me como você me rotulou. Para manter a coerência com a análise do que acontece na letra, as traduções corretas são as seguintes: you labeled me = vocês me rotularamI’ll label you = eu vou rotular vocês. Note que neste segundo verso nós temos a contração I’ll, que é o mesmo que I will, e indica algo que irá acontecer.

E por fim, a canção termina novamente dizendo so I dub thee “Unforgiven”eu os nomeio “Imperdoáveis”.

So I Dub Thee “Best Readers”!

Se você chegou ao final da leitura deste post, parabéns e muito obrigado!

Envie suas dúvidas nos comentários abaixo ou algo que possa ser acrescentado às explicações dadas ao longo do estudo desta música.

Como sempre, ouça bastante a música para treinar o seu listening e cante-a para treinar seu speaking!

Se você tiver um minuto, por favor, recomende esta aula para os seus amigos!

I see you!

Cheers, and all the best!

img


Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

55 thoughts on “Aprendendo Com A Música: The Unforgiven – Metallica

  • Rafaela

    A música é muito boa, apesar de ser grande fã dessa banda, nunca fui atrás de realmente entender o que esta música em particular falava.

    Muito bem explicado!

    • Diego Autor

      Thank you, Rafaela!

      Pois é, quantas e quantas músicas que nós ouvimos e gostamos muito mas não sabemos o que elas estão dizendo realmente, não é mesmo?

      Espero que você tenha gostado da mensagem dela!

      Um grande abraço!

  • Jesse James

    Diego, as usual, excellent job. I expect the second an third part of this song soon. I love this band.

    Tks for share your knowledge with us.

    JJ

  • Dinho

    Legal, muito bom!

    Faz 20 anos que esta música é uma das favoritas de minha vida, e mesmo sabendo a tradução, só agora pude me aprofundar no seu significado.

    • Diego Autor

      Que ótimo, Dinho!

      Essa é uma das belezas de se aprender inglês dessa maneira: nós compreendemos o que as músicas que gostamos de ouvir estão dizendo, e sempre podemos tirar algo de bom disso.

      Um grande abraço e obrigado por ter curtido o post!

  • Ricardo Garcia

    Perfect choice Diego, congratulations! I confess that just few months ago I tried to understand the lyrics of this song, and is so deep and emotional, that I began to consider more and more the fantastic band is Metallica! This song is amazing!

    • Diego Autor

      Thanks, Ricardo!

      I agree with you, this song is so fucking awesome, and it seems that we only see it when we try to look more deeply into the meaning of the lyrics.

      And about Metallica, we don’t need to say nothing, right? They are one of the best rock bands of all time!

    • Diego Autor

      Obrigado, Verginia, fico feliz que o artigo tenha te ajudado a aprender mais algumas palavras.

      Um grande abraço!

  • Nancy

    Dear Diego,

    Amazing song, sad, but depict real life! Your lyrics explanation was excellent for us developing our English knowledge.
    Thank you so much,
    Regards

  • Carina Fragozo

    Encontrei seu blog através do Inglês na Ponta da Língua e me apaixonei! Parabéns pelo trabalho! Eu sou teacher, mas nunca trabalhei com música assim, em chunks. Geralmente proponho exercícios para treinar bem o listening, mesmo…

    Dá uma passadinha no meu blog, o English in Brazil: teachercarinafragozo.blogspot.com. Tenho algumas atividades com música por lá. Talvez eu possa fazer um post indicando seu blog e mais alguns que trabalham com música. Alguma sugestão?

    Abraço,
    Carina

    • Diego Autor

      Hi, Carina!

      Muito obrigado por ter gostado do meu blog! :D

      Apesar de eu focar bastante em chunks e tudo mais, eu também publico exercícios para treinar o listening, o speaking e as outras habilidades, porém com mais frequência em guest posts (colaborações em outros blogs). Recentemente publiquei um de listening com a música “Freak” do Silverchair aqui no Inglês Com Rock. O pessoal curtiu e pretendo publicar mais por aqui mesmo também.

      Dei uma conferida no seu blog e já curti ele no Facebook, ok?

      Sobre fazer um post indicando blogs que trabalham o inglês com músicas, fique à vontade para mencionar o meu se você quiser! Ah, e se você quiser escrever um guest post aqui para o Inglês Com Rock também, pode escrever, será muito bem-vindo! A única coisa que eu sempre peço para quem quiser colaborar é que mantenha o foco em criar posts com músicas.

      Um grande abraço!

  • dc

    Thank you, Diego, for this great translation and interpretation of this beautiful song. It’s so good study english by songs with you.

  • Vanessa Franciosi

    Muito bom mesmo, parabéns!!!
    Não conhecia o site, mas agora faz parte dos meus favoritos!!!
    Congratulations!!!

    • Diego Autor

      Com certeza, Roger, foram várias horas dedicadas à produção deste post, assim como dos demais com análises de letras. Eu nunca vou publicar algo que eu não tenha certeza de que as pessoas irão achar extraordinário! :D

      Qualidade em primeiro lugar sempre para levar o melhor até vocês!

      Obrigado e um grande abraço!

  • Nancy

    Diego,

    You’re amazing! You did a wonderful translation of Unforgiven. Congratulations. Thank you so much for excellent explanation.
    All the best.

  • Cleber

    How it have been since I’ve started studying english with ‘some’ musics, I am disappointed again with the lyric!!
    The song is pretty good but the lyric is a fu…suck! It’s really so weak, As well as happen with a lot Portuguese hits, some of music has a awesome song but horrible meanings, (sometimes none sense like that). Well, I’m learning english but killing my childhood and adolescence.

    • Diego Autor

      Cléber, I disagree with you because in my opinion the lyrics from this song is just amazing, but I respect your opinion.

      We tend to think that the majority of musics in English don’t make sense, and that the lyrics are crazy and things like that. But, the truth is, you need to learn and pay attention to contexts and what is the history behind the lyrics. It takes time to improve, and if you really want to understand the songs that you choose to studying, you need to practice it as well. Learn to understand contexts is extremely important to understand whatever music that you like.

      And you don’t need to kill nothing to learn English. You just need to commit to learn it and dedicate a little of your time every day or whenever you can. It’s not so easy, but it is simple!

      I wish you all the best!

  • Daniela almeida

    Caro moinho, eu senti verdade em seu trabalho. Senti desejos em você. Vi seu entusiasmo, absorvi sua dedicaçao…Por isso ,seu trabalho esbanja talento e causa empatia com quem o vê e ler. Ainda que nada eu entendesse da língua estrangeira, mesmo assim , seria tragada por sua desenvoltura em explanar e explicar. Você tem talento e conhecimento.