Aprendendo Com A Música: One – U2 38


~ We’re one, but we’re not the same – We hurt each other, then we do it again ~

Música One U2

Hello, my dear reader! Continuando com nossas análises de letras de músicas, desta vez temos um grande clássico do U2: a música “One”.

O U2 é uma banda de rock irlandesa formada no ano de 1976. Seus integrantes são Bono Vox (vocal), The Edge (guitarra, teclados e vocal), Adam Clayton (baixo) e Larry Mullen Jr. (bateria e percussão). A banda foi formada quando seus membros ainda eram adolescentes e possuíam conhecimentos musicais limitados.

“One” é uma canção do álbum intitulado “Achtung Baby”, lançado em 1992. A letra da canção foi escrita pelo vocalista Bono Vox, e descreve as lutas para manter relações com os outros, mas pode ser interpretada de várias outras maneiras.

A canção já foi aclamada como uma das melhores de todos os tempos e foi interpretada pela banda em todos os seus shows ao vivo desde o seu lançamento. Além disso, foi nomeada como a 36ª maior canção pela famosa revista Rolling Stone na sua lista das 500 Maiores Canções de Todos Os Tempos e fez parte da trilha sonora do filme “Um Homem de Família”, do ano 2000.

Curta agora o vídeo abaixo e continue lendo o artigo para aprender curiosidades com este clássico!

Vamos Curtir Um Som!

One
U2

Is it getting better, or do you feel the same?
Will it make it easier on you, now you got someone to blame?
You say one love, one life, when it’s one need in the night.
One love, we get to share it
Leaves you baby if you don’t care for it.

Did I disappoint you or leave a bad taste in your mouth?
You act like you never had love and you want me to go without.
Well, it’s too late tonight to drag the past out into the light.
We’re one, but we’re not the same.
We get to carry each other, carry each other… one

Have you come here for forgiveness?
Have you come to raise the dead?
Have you come here to play Jesus to the lepers in your head?
Did I ask too much, more than a lot?
You gave me nothing, now it’s all I got.
We’re one, but we’re not the same.
Well, we hurt each other, then we do it again.

You say love is a temple, love a higher law
Love is a temple, love the higher law.
You ask me to enter, but then you make me crawl
And I can’t be holding on to what you got, when all you got is hurt.

One love, one blood, one life, you got to do what you should.
One life with each other: sisters, brothers.
One life, but we’re not the same.
We get to carry each other, carry each other.
One, one.

Vamos Estudar A Letra!

One (Um)

Is it getting better, or do you feel the same?
Will it make it easier on you, now you got someone to blame?
You say one love, one life, when it’s one need in the night.
One love, we get to share it
Leaves you baby if you don’t care for it.

Is it getting better, or do you feel the same? (Isso está melhorando, ou você sente que está igual?) / Will it make it easier on you, now you got someone to blame? (Isso vai tornar tudo mais fácil para você, agora que você tem alguém para culpar?) / You say one love, one life, when it’s one need in the night. (Você diz que um amor, uma vida, é o que uma pessoa necessita à noite.) / One love, we get to share it (Um amor, nós podemos compartilhá-lo) / Leaves you baby if you don’t care for it. (Mas ele te deixa querida, se você não cuida dele.)

No primeiro verso, em is it getting better, temos o verbo get no gerúndio. O verbo get possui muitos significados, mas o correto aqui é ficar. Para traduzir corretamente essa primeira parte do primeiro verso, podemos fazer assim: is it getting better = isso está melhorando / isso está ficando melhor. Devemos ficar atentos aqui ao posicionamento do is e do it. Como este verso se trata de uma pergunta, o verbo deve vir antes do sujeito na frase. Neste caso, is it é a escrita correta. Se a frase fosse uma afirmação, o correto seria o inverso, com o sujeito vindo antes do verbo, o que resultaria em it is. Esta regrinha serve para todas as sentenças que encontrarmos na língua inglesa. Já a segunda parte desse mesmo verso, or do you feel the same?, se traduzida ao pé da letra pode ficar algo como ou você sente o mesmo? / ou você sente o igual?. A primeira forma ficaria correta, porém a segunda não. Ao invés de dizermos ou você sente o igual?, uma tradução mais adequada seria ou você sente que está igual?. Juntando as partes, temos a seguinte tradução para o verso completo: is it getting better, or do you feel the same? = isso está melhorando, ou você sente que está igual? / isso está melhorando, ou você sente o mesmo?

No segundo verso, a primeira parte will it make it easier on you se traduzida ao pé da letra, também não fica muito correta. Veja: will it make it easier on you = isso fará isso mais fácil em você. Como podemos ver, essa frase traduzida desse modo não faz sentido para nós. Para dar sentido à ela, algumas opções de traduções mais adequadas seriam isso fará tudo mais fácil para você ou então isso vai tornar tudo mais fácil para você. A palavra easier tem como significados fácil, confortável, cômodo, sociável e também algo capaz de ser feito ou realizado com facilidade. A preposição on em on you é a preposição correta a ser usada nesse caso e está fazendo o papel da nossa preposição para ao invés da preposição em. O uso das preposições é um pouco complicado de entender totalmente, mas assim que você for se acostumando mais com o idioma, você verá que não é algo tão difícil assim, ok? Na segunda parte desse verso, now you got someone to blame?, temos também algumas curiosidades. A palavra got, como já vimos no artigo Aprendendo Com A Música: Welcome To The Jungle – Guns N’ Roses, faz parte do inglês informal e equivale ao verbo to have, que significa ter. A palavra blame tem como significados culpa, responsabilidade, censura e também os verbos culpar, repreender. O significado correto para essa parte desse verso é o verbo culpar. Traduzindo now you got someone to blame?, temos: agora que você tem alguém para culpar?. Uma observação que eu gostaria de fazer usando este verso como exemplo, é sobre quando se deve usar o that como a preposição que em uma frase. Como podemos reparar, em now you got someone to blame?, não temos o uso do that. Em outras palavras, a frase não está escrita como now that you got someone to blame. O uso do that, na verdade, é opcional. Existem algumas regras e exceções que devem ser levadas em conta, mas para não confundir a cabeça de ninguém, é permitido omitir o that sempre que ele vier antes de pronomes como I, you, he, she, it, we, they. Como no verso o that viria antes do pronome you, ele foi simplesmente omitido, e isso está correto. No próximo verso temos mais uma observação quanto ao uso do that. Vamos à ele!

Seguindo para o terceiro verso, vamos esclarecer algumas coisas importantes. Em you say one love, one life, when it’s one need in the night, podemos fazer uma tradução ao pé da letra para ver como ele fica. O resultado é mais ou menos esse: você diz um amor, uma vida, quando isso é uma necessidade na noite. Esta tradução não está boa e é preciso dar sentido à ela para melhorá-la. A parte you say one love, one life traduzida corretamente resulta em você diz que um amor, uma vida, como se tivesse o that na frase. Na verdade, ele poderia estar na frase, porém, ele novamente foi omitido. Isso acontece aqui porque o that está relacionado à linguagem falada comum do dia-a-dia. Então, para melhor compreensão, basta saber que quando se trata de linguagem comum do dia-a-dia o that pode ser omitido sem problemas. Isso parece estranho para nós, pois é como se uma pessoa estivesse dizendo “você diz um amor, uma vida”, mas na língua inglesa isso é muito comum. Já na outra metade do verso, é preciso fazer uma boa adaptação para que tudo faça sentido para nós. A palavra when significa quando e ela definitivamente não se encaixa no contexto da frase quando passamos ela para o português. O melhor a fazer nesse caso é simplesmente anular a palavra. Ou então, podemos encarar o uso dessa palavra como uma forma de dar ênfase à frase. Já a palavra one, como quase todos já sabem, significa um ou uma, mas também pode significar uma pessoa, alguém. A palavra need tem como significados os nossos verbos necessitar, precisar, carecer de, e também pode significar necessidade, carência. Os verbos necessitar e precisar são os que melhor se aplicam aqui. Vamos ver agora como ficaria corretamente traduzido este terceiro verso da canção: you say one love, one life, when it’s one need in the night = você diz que um amor, uma vida, é o que uma pessoa necessita à noite / você diz que um amor, uma vida, é tudo o que uma pessoa precisa de noite.

No próximo verso, temos a expressão get to, que vem de get to doing something e sugere a ideia de que se pode fazer alguma coisa, e não de que se deve fazer alguma coisa, o que seria no caso do verso conter a expressão got to. Já a palavra share corresponde aos nossos verbos compartilhar, dividir, repartir. Muita gente já deve ter visto aqueles botões do Facebook em inglês nomeados como “Share”, que nada mais são do que os botões “Compartilhar” em português. Com essas informações, este verso da música não tem segredos e é muito simples de interpretar: one love, we get to share it = um amor, nós podemos compartilhá-lo / um amor, nós podemos dividí-lo.

Para terminar essa primeira parte da música, vamos aprender com a frase leaves you babe if you don’t care for it. Como podemos reparar, o começo deste verso é escrito como leaves you ao invés de leave you. O verbo leave tem como significados mais comuns deixar, largar, sair, abandonar, separar-se e está acrescentado de um “s” no final. Isso acontece devido à uma regrinha do chamado Presente Simples, ou Present Simple, em inglês. Para sabermos a forma correta em que determinado verbo deve ser escrito, primeiro temos que saber qual é o pronome ao qual ele está relacionado. Neste verso que está em discussão, o verbo leave está relacionado ao pronome it, no caso de interpretarmos ele falando do amor (love), ou está relacionado aos pronome he ou she, no caso de interpretarmos ele falando de uma pessoa. No Present Simple, quando tratamos dos pronomes he, she e it, nós obrigatoriamente temos que escrever o verbo com um “s” no final. Portanto, para dizer ele te deixa ou ela te deixa, é necessário dizer it leaves (no caso de não se tratar de uma pessoa) ou então he leaves / she leaves (no caso de se tratar de uma pessoa). Isso vale para a maioria dos verbos em inglês. Algumas exceções ficam por conta de verbos terminados com determinadas letras, os quais iremos aprendendo assim que eles forem aparecendo nas canções estudadas aqui no Inglês Com Rock.

Ainda falando deste verso, temos o verbo care, que significa importar-se, ter cuidado, preocupar-se. Vamos ver como fica a tradução correta deste verso: leaves you baby if you don’t care for it = ele te deixa querida, se você não cuidar dele / ele te deixa querida, se você não se importar com ele / ele te deixa querida, se você não cuida dele / ele te deixa querida, se você não se importa com ele.

Vamos agora para a segunda parte da música:

Did I disappoint you or leave a bad taste in your mouth?
You act like you never had love and you want me to go without.
Well, it’s too late tonight to drag the past out into the light.
We’re one, but we’re not the same.
We get to carry each other, carry each other… one

Did I disappoint you or leave a bad taste in your mouth? (Eu te desapontei ou deixei um gosto ruim em sua boca?) / You act like you never had love and you want me to go without. (Você age como se nunca tivesse recebido amor e quer que eu continue sem nenhum.) / Well, it’s too late tonight to drag the past out into the light. (Bem, é tarde demais para trazer o passado à tona.) / We’re one, but we’re not the same. (Nós somos um só, mas não somos iguais.) / We get to carry each other, carry each other…one (Nós podemos carregar um ao outro, carregar um ao outro…um).

No primeiro verso, did I disappoint you or leave a bad taste in your mouth?, vemos o interlocutor da música questionando outra pessoa sobre algo ruim que ele poderia ter feito à ela no passado. Como podemos notar, o início da frase está formado como did I disappoint you, e você pode estar se perguntando neste momento se o correto não seria did I disappointed you, já que ela se refere ao passado. O did possui vários significados e o seu significado correto dependerá sempre do contexto em que ele é aplicado. Geralmente, o uso do did nos indica que uma sentença está escrita na forma interrogativa. Em frases como esta, o did não é traduzido. Ele nada mais é do que um auxiliar usado na formação de frases no passado. Já com relação ao verbo que aparece na mesma frase, disappoint, está correto o seu tempo verbal. Quando usamos o did nós não precisamos mudar o verbo principal, ou seja, ele deve permanecer em sua forma original. Portanto, disappoint é a forma correta e disappointed é a forma incorreta. Ainda na mesma frase, temos a palavra taste. Taste tem como significados provar, experimentar e também gosto, sabor, paladar. Precedida da palavra bad, que a grande maioria das pessoas já sabe que significa mal/mau e ruim, temos bad taste que forma gosto ruim / sabor ruim. Finalizando este verso, temos a palavra mouth, que significa boca mas também pode significar os verbos expressar, exprimir, balbuciar. Vamos ver agora como fica corretamente traduzido este verso: did I disappoint you or leave a bad taste in your mouth? = eu te desapontei ou deixei um gosto ruim em sua boca? / eu te desapontei ou deixei um sabor ruim em sua boca?

O segundo verso desta estrofe, se traduzirmos ao pé da letra, não fica nada bom. Vamos ver: you act like you never had love and you want me to go without = você age como você nunca teve amor e você me quer ir sem. Como muitas vezes acontece, temos que dar sentido à frase para que ela fique adequadamente traduzida. Na primeira parte, é preciso tomar cuidado com a palavra like, que pode nos confundir se não prestarmos atenção. Like aqui está sendo usado significando a nossa palavra como. A palavra had é o passado do verbo ter em inglês, have. Sendo assim had significa teve. As traduções corretas da primeira parte deste verso são as seguintes: you act like you never had love = você age como quem nunca teve amor / você age como se nunca tivesse recebido amor. Na segunda parte do verso, o verbo go tem como significados ir, partir e está sendo usado dentro de um contexto que transmite a ideia de continuar. Como a música se trata de uma relação que não está mais dando certo, a parte final go without fica adequadamente traduzida como continuar sem. Mas, para melhorar ainda mais, podemos acrescentar a palavra nenhum, formando assim continuar sem nenhum (amor). Traduzindo a frase completa corretamente, nós temos: you act like you never had love and you want me to go without = você age como se nunca tivesse recebido amor e quer que eu continue sem nenhum / você age como quem nunca teve amor e quer que eu continue sem nenhum / você age como quem nunca recebeu amor e quer que eu continue sem nenhum.

No verso seguinte, temos a palavrinha too, que significa muito, demais. Too também é outra palavrinha que pode nos enganar, pois dependendo do contexto em que é empregada, ela possui outros significados. A palavra late tem como significados tarde, ultimamente, há pouco e também atrasado, atraso, último, recente. Juntando too e late temos too late, que significa tarde demais, muito tarde. Na segunda metade deste verso, há a expressão drag out, que significa trazer de volta algo que se prolongou mais do que deveria. A palavra past obviamente significa passado, decorrido. Já into the light, se traduzido ao pé da letra resulta em na luz. Para essa expressão fazer mais sentido na frase, o correto é traduzirmos ela como à tona, uma expressão que usamos constantemente na língua portuguesa. Com essas informações, podemos conferir a tradução deste verso: well, it’s too late tonight to drag the past out into the light = bem, é tarde demais para trazer o passado à tona / bem, é muito tarde para trazer o passado à tona.

No quarto verso, temos a palavra same, que significa igual, idêntico, mesmo, parecido. Como este é um verso muito simples, podemos dizer que sua tradução corresponde a: we’re one, but we’re not the same = nós somos um, mas não somos iguais / nós somos um só, mas não somos iguais / nós somos um só, mas não somos parecidos / nós somos um só, mas não somos os mesmos.

Chegando ao quinto verso, we get to carry each other, temos novamente a expressão get to significando poder fazer alguma coisa. A palavra carry aqui corresponde ao nosso verbo carregar, levar consigo. A palavra each significa cada e a palavra other significa outro. Se juntarmos as palavras each e other, formaremos each other, que significa um ao outro. A tradução correta da frase então é a seguinte: we get to carry each other, carry each other…one = nós podemos carregar um ao outro, carregar um ao outro…um).

E a música continua assim:

Have you come here for forgiveness?
Have you come to raise the dead?
Have you come here to play Jesus to the lepers in your head?
Did I ask too much, more than a lot?
You gave me nothing, now it’s all I got.
We’re one, but we’re not the same.
Well, we hurt each other, then we do it again.

Have you come here for forgiveness? (Você veio até aqui para conseguir perdão?) / Have you come to raise the dead? (Você veio para ressuscitar os mortos?) / Have you come here to play Jesus to the lepers in your head? (Você veio até aqui para dar uma de Jesus para os leprosos da sua cabeça?) / Did I ask too much, more than a lot? (Eu te pedi demais, mais do que devia?) / You gave me nothing, now it’s all I got. (Você não me deu nada, e agora isso é tudo o que eu tenho.) / We’re one, but we’re not the same. (Nós somos um só, mas não somos iguais.) / Well, we hurt each other, then we do it again. (Bem, nós machucamos um ao outro, e estamos fazendo isso de novo.)

Nos três primeiros versos do trecho acima, nós temos sentenças interrogativas iniciadas com o verbo have (ter). Essas frases estão escritas de modo informal e são frases que normalmente os falantes nativos do inglês usam sem problemas no dia-a-dia. A parte have you traduzida resulta em você tem e o verbo come significa vir, chegar. Have you come portanto forma algo como você tem vindo ou então, melhor ainda, você veio. O verbo have, neste tipo de sentença, atua como um auxiliar do passado. Já o verbo que aparece depois de have you, nesses casos, deve ser escrito em sua forma original. Assim, have you come = forma correta / have you came = forma incorreta.

Podemos aprender também mais curiosidades no verso have you come here to play Jesus to the lepers in your head?. O verbo play possui vários significados diferentes, entre eles os mais comuns são os verbos brincar, tocar um instrumento musical, representar. Neste verso, quando o autor diz to play Jesus ele quer dizer que a outra pessoa está querendo bancar Jesus, dar uma de Jesus. Play someone = bancar alguém que você não é, dar uma de alguém que você não é. Já a expressão the lepers in your head, quando traduzida, quer dizer os leprosos de sua cabeça. The leper in your head é uma expressão usada para se referir à uma parte de si mesmo que faz com que você aja de um modo estranho evitando outra pessoa. Este verso fica corretamente traduzido da seguinte maneira: have you come here to play Jesus to the lepers in your head? = você veio até aqui para bancar Jesus para os leprosos da sua cabeça? / você veio até aqui para dar uma de Jesus para os leprosos da sua cabeça?

No verso did I ask too much, more than a lot?, temos mais curiosidades. A palavra ask tem como significados pedir, perguntar, exigir. A expressão too much significa muito, demais, demasiado. Até aí tudo bem, mas se traduzirmos ao pé da letra esta frase teremos algo assim: eu te pedi demais, mais do que muito?. Como podemos ver, a frase não está fazendo tanto sentido. Para melhorá-la, devemos compreender o contexto correto em que está aplicada a expressão more than a lot. A tradução mais óbvia para more than a lot seria mais do que muito, pois a lot significa muito, bastante. Porém, para que more than a lot soe de forma correta na música, suas traduções mais adequadas são mais do que deveria, mais do que o necessário. Logo, a tradução correta deste verso fica assim: did I ask too much, more than a lot? = eu te pedi demais, mais do que deveria? / eu te pedi demais, mais do que o necessário?

Terminando este trecho da canção, no quinto verso, temos a palavra hurt, que aparece mais uma vez na próxima parte da letra e aqui corresponde aos nossos verbos ferir, machucar, doer, magoar. Como podemos ver no artigo Aprendendo Com A Música: Jeremy – Pearl Jam, o verbo hurt no passado não muda sua forma original, pois é um verbo irregular. A parte we hurt each other significa nós machucamos um outro, e estaria incorreta se estivesse escrita como we hurted each other. Na segunda metade do mesmo verso, se traduzirmos then we do it again temos algo como então nós fazemos isso novamente. Mas como esta letra pode ser interpretada como um diálogo que está acontecendo, então a tradução mais correta para then we do it again é estamos fazendo isso novamente, estamos fazendo isso de novo. Veja a tradução do verso completo: well, we hurt each other, then we do it again = bem, nós machucamos um ao outro, e estamos fazendo isso de novo / bem, nós machucamos um ao outro, e estamos fazendo isso novamente.

Antes de continuarmos, gostaria de explicar apenas a diferença entre duas palavras que são parecidas e que vimos nas explicações acima: as palavras than e then. A palavra than com “a” significa que, do que, em comparação a. Já a palavra then com “e” significa então, portanto, por isso. Apenas tenha cuidado para não confundir os significados quando se deparar em algum lugar com essas duas palavrinhas, ok?

Agora vamos para a próxima parte!

You say love is a temple, love a higher law
Love is a temple, love the higher law.
You ask me to enter, but then you make me crawl
And I can’t be holding on to what you got, when all you got is hurt.

You say love is a temple, love a higher law (Você diz que o amor é um templo, que o amor é uma lei maior) / Love is a temple, love the higher law (O amor é um templo, o amor é a lei maior) / You ask me to enter, but then you make me crawl (Você me pede para entrar, mas depois me faz sofrer) / And I can’t be holding on to what you got, when all you got is hurt. (E eu não posso continuar me agarrando a você, quando tudo o que você tem é dor.)

No trecho acima, em you say love is a temple, love a higher law, novamente temos a frase formada mais de acordo com a linguagem comum falada no dia-a-dia do inglês do que formada da maneira que corresponderia ao inglês mais formal. No inglês formal, teríamos algo como you say that love is a temple, love is a higher law. Isso também acontece no verso seguinte que aparece como love is a temple, love the higher law. Como já foi explicado no começo deste artigo, é muito comum encontrar os falantes nativos do idioma falando frases assim. Isso é exatamente igual ao que acontece com o nosso português. No dia-dia, nós não falamos o português todo certinho, nós falamos o português muito mais do modo informal do que do modo formal. Então, apenas lembre-se que isso é muito comum também entre os nativos falantes da língua inglesa. Falando ainda deste verso, a palavra higher tem como significados mais alto, mais eminente, superior, elevado. Quando o autor da canção diz love is a temple, love the higher law ele quer dizer que o amor é uma lei maior, uma lei superior, uma lei suprema. Então, sempre que alguma palavra vier acompanhada de higher, obviamente estará se fazendo uma referência à algo maior, superior, que tem mais poder.

No terceiro verso, podemos aprender um pouco sobre o contexto em que foi aplicada a palavra crawl. Crawl tem como significados mais comuns os verbos rastejar, engatinhar, espalhar-se. Traduzindo normalmente you ask me to enter, but then you make me crawl, nós temos você me pede para entrar, mas depois me faz rastejar. Esta tradução não fica muito boa. Como podemos considerar que estamos falando sobre amor na música e que as coisas não estavam nada boas, nós podemos dizer que o verbo crawl neste verso pode muito bem corresponder ao nosso verbos sofrer, magoar ou até machucar. Considerando que são essas as palavras que usamos com mais frequência na língua portuguesa para nos referirmos à situações amorosas ou que envolvam qualquer tipo de relacionamento que resultam em dor ou mágoas, nós podemos agora ver como ficaria a frase traduzida da maneira mais correta: you ask me to enter, but then you make me crawl = você me pede para entrar, mas depois me faz sofrer / você me pede para entrar, mas depois você me magoa / você me pede para entrar, mas depois você me machuca.

No último verso deste trecho, temos a expressão hold on. Hold on tem como significados mais comuns continuar a fazer alguma coisa, persistir. Neste caso, hold on está relacionado à hold on to something, ou seja, agarrar-se à algo, apegar-se à algo. Mais adiante, encontramos a palavra hurt novamente. Desta vez, a palavra hurt não corresponde aos verbos machucar, ferir, doer. Hurt aqui tem como significados dor, ferida, tristeza. Traduzindo este verso da maneira correta nós temos isso: and I can’t be holding on to what you got, when all you got is hurt = e eu não posso continuar me agarrando ao que você tem, quando tudo o que você tem é dor / e eu não posso continuar me agarrando ao que você tem, quando tudo o que você tem são feridas / e eu não posso continuar me apegando ao que você tem, quando tudo o que você tem é tristeza.

E chegamos à última estrofe da canção:

One love, one blood, one life, you got to do what you should.
One life with each other: sisters, brothers.
One life, but we’re not the same.
We get to carry each other, carry each other.
One, one.

One love, one blood, one life, you got to do what you should. (Um amor, um sangue, uma vida, você tem que fazer o que deveria.) / One life with each other: sisters, brothers. (Uma vida com um ao outro: irmãs, irmãos.) / One life, but we’re not the same. (Uma vida, mas nós não somos iguais.) / We get to carry each other, carry each other. (Nós podemos carregar um ao outro, carregar um ao outro.) / One, one. (Um, um.)

Neste último trecho, a única dica fica por conta da expressão each other, que aparece mais uma vez na música em one life with each other: sisters, brothers. Novamente each other significa um ao outro, mas muitas pessoas de repente podem confundir com cada um. Apenas para informação, cada um em inglês seria each one, que é uma expressão bastante parecida. Então, lembre-se disso: um ao outro em inglês = each other. E aqui terminamos nosso estudo com este belo clássico do U2!

One Post, We Get To Share It!

Agora que você já leu este artigo com mais uma excelente música, eu gostaria que você fizesse duas coisas.

Primeiro, recomende o post para os seus amigos caso você tenha gostado.

E segundo, deixe um comentário abaixo dizendo quais foram as coisas novas que você aprendeu ou compartilhe conosco algo que possa ser acrescentado às explicações.

Aproveite também para treinar o seu listening ouvindo a canção com atenção e o seu speaking cantando junto com o Bono!

Eu espero que você se divirta bastante com este artigo!

Cheers and all the best for you :D.

img


Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

38 thoughts on “Aprendendo Com A Música: One – U2

  • Maria Carvalho

    Gostei muito e estou indicando seu blog a meus alunos.
    Sucesso sempre com seu blog querido! Excelente trabalho!!

    • Diego Autor

      Muito obrigado Maria,

      Espero que os artigos aqui do Inglês Com Rock sejam úteis e de grande ajuda aos seus alunos!

      Um grande abraço!

  • Neiva

    Muito boa sua explicação, e esta música é maravilhosa, vou usar esta aula com meus alunos do Ensino Médio. Agradeço e vou compatilhar no face com minhas amigas professoras, tb. Um abraço
    Professora Neiva

    • Diego Autor

      Olá Neiva, obrigado!

      Tomara que seus alunos gostem bastante desta aula, ainda mais com uma excelente canção do U2, grande banda!

      Obrigado por compartilhar o post :D.

      Um abraço!

  • Angelo

    Hi diego! It’s good to get in touch with you again! Very good job, it is plenty of all kinds of technical information on grammar. I hope you go ahead,

  • Wagner

    E ai Diego, curto rock há muito tempo mas há pouco comecei a estudar inglês e estou gostando muito. Suas aulas tem me ajudado bastante no aprendizado tardio de um novo idioma. Espero que tenha novidades em breve. Abraço.

    • Diego Autor

      E aí Wagner,

      Estudar inglês com rock é muito bom, com certeza isso vai te ajudar a aprender cada dia mais!
      Fico muito feliz em saber que você está conseguindo aprender bastante por aqui!

      Um grande abraço!

    • Diego Autor

      Oi Cataline!

      O que aconteceu? Algum problema com o vídeo?
      Se for, eu conferi e para mim está tudo normal.

      Se puder responder eu ficarei muito grato :D.

      Abraço!

  • Marcos Neves

    Olá Diego!
    Primeiramente, agradeço-lhe muito por esta oportunidade, cara! Seu blog é fantástico e ensina muito, principalmente para iniciantes como eu.
    Sempre gostei de rock e também toco alguns instrumentos como violão, sax, trombone, entre outros. Depois que recebo suas aulas em seu blog, pego imediatamente a cifra da música na web para praticar juntamente com o violão. Obrigado!

    • Diego Autor

      Olá Marcos!

      Muito obrigado por tudo que você disse! É muito gratificante saber que você gostou do blog e que encontrou nele uma boa fonte para aprender. Muito legal isso que você faz também, de praticar tocando as músicas no violão! Eu também tenho um, confesso que não faço a mesma coisa que você faz, mas é uma ótima ideia :D.

      Espero ver você sempre participando aqui no Inglês Com Rock!

      Um grande abraço!

  • fernandes

    Adoro inglês, e quero fazer de tudo para ser um dia um tradutor e intérprete. E com isso acabei encontrando seu site por aqui! Parabéns mesmo!
    Quero poder um dia conseguir ser um intérprete para os missionários que vem para minha igreja!!! Deus abençõe muito vc! Ah essa é minha primeira visita aqui cara!

    • Diego Autor

      Olá Fernandes!

      Seja bem-vindo ao Inglês Com Rock!
      Espero que meu site ajude você nessa caminhada rumo ao seu grande sonho de um dia se tornar intérprete e tradutor.

      Obrigado pelo comentário super simpático e pode contar comigo sempre que precisar!

      Um grande abraço!

  • Fábio

    Here I am again buddy, how have you been ?
    I love this song and your way to work on that is really cool.
    I like your website, you are doing a really great job man,congratz once again and have another nice week, lol.

    • Diego Autor

      Hey Fábio, I’m fine, thanks for asking!

      I’m glad you liked this music and my explanations :D.

      Thanks for your amazing support.

      Have a nice week too!!

  • Eder

    Muito bom o blog Diego, parabéns!

    Já está em meus favoritos! Tenho uma sugestão para os próximos posts: que tal fazer o estudo sobre a letra da “The Unforgiven” do Metallica, pois acho que tem muitas expressões interessantes do ponto de vista “estudo”

    Valeu.

    Eder

    • Diego Autor

      Muito obrigado Eder!

      Opa, vou deixar anotada aqui a sua sugestão, ok? Como já recebi várias sugestões, pode ser que demore um pouco até eu fazer o post, mas prometo que não vou esquecer, beleza?

      Um grande abraço!

  • Patrick

    Diego, a maneira que você ensina é que eu gostaria que o meu professor aqui no colégio fizesse. Sua explicação é maravilhosa e detalhista, não deixando escapar nada. Só tenho a agradecer, foi muito esclarecedor. Essa foi a primeira música que estudei aqui no blog.
    Gostaria também de deixar uma sugestão. Seria ótimo se você fizesse uma postagem com a música “Stairway To Heaven”, do Led Zeppelin. Não sei se você gosta, mas a música é ótima.

    • Diego Autor

      Muito obrigado, Patrick!

      Fico muito feliz por saber que você gosta da forma como eu me dedico a explicar tudo da melhor forma possível em cada música estudada. Realmente eu me empenho bastante, e você não tem noção do quanto mensagens como esta sua me dão força para continuar fazendo um belo trabalho.

      Como é possível alguém não curtir “Stairway To Heaven”, né? Hehe!! Está anotada sua sugestão aqui!

      Um grande abraço!

  • Nancy

    Diego,

    Don´t give up to prosecuting with your excellent posts – learning English with music. I´m so sorry, and I believe that
    many other learners will be missing you. Whatever you decide to do I wish you happiness.
    Thank you so much for your work.
    All the best.

  • queule brito

    Socorro!!!
    Tenho que apresentar um trabalho em inglês com a música “Glad You Came”, do The Wanted. Minha professora quer que eu reveja os conteúdos estudados nos anos anteriores mas confesso que não sei nada. Será que pope me ajudar, por favor?

    • Diego Autor

      Queule, por favor me envie um email para diego@inglescomrock.com me contando certinho o que você precisa e eu tento te ajudar!

      Este fim de semana irei viajar, portanto estou com pouco tempo, mas se você entrar em contato e não for tão urgente eu consigo fazer algo por você.

      Um abraço!

  • Lino

    Aprender algo novo e Rock: duas coisas das quais gosto muito. Excelente trabalho Diego! Estou curtindo muito melhorar meu inglês com rock. Valeu!

  • Wagner

    Nossa cara é muito bom poder acompanhar a tradução de uma musica passo a passo,porque da pra conseguir outra interpretação daquela frase,e compreende-las melhor em outros textos,muito bom!parabens!!! é muito mais facil do que usar o vagalume ou o letras porque muitas vezes não da pra perceber a correlação com o sentido da frase.Mais uma vez parabens!