Como Falar Inglês Naturalmente Em Apenas 2 Passos 80


Como Falar Inglês

Hey, what’s up!

Existe algo que acontece com a maioria das pessoas com relação ao aprendizado da língua inglesa: a dificuldade de falar em inglês.

Já recebi vários emails de leitores compartilhando comigo esta dificuldade, e alguns dos fatos citados sempre se repetem, como por exemplo:

1. “Eu esqueço as palavras na hora de falar.”
2. “Eu não sei qual preposição devo usar em uma frase (in, on ou at).”
3. “Eu travo na hora de falar.”
4. “Eu penso em português e isso me atrapalha. Preciso parar de pensar em português e passar a pensar em inglês.”
5. “Eu me embaralho na hora de montar uma frase na minha cabeça.”

Esses são os principais motivos que eu tenho notado que levam muitas pessoas a não conseguirem falar inglês.

Muito provavelmente você deve ter se identificado com alguma ou algumas das dificuldades listadas acima, I’m right? :D

Se sim, don’t worry!

Abaixo eu explico um pouco sobre o porquê dessas dificuldades acontecerem e qual deve ser a mentalidade que você deve ter para minimizá-las.

Vamos lá:

Obstáculo comum #1: “Eu esqueço as palavras na hora de falar.”

Esta dificuldade normalmente ocorre quando não usamos o que aprendemos no passado (como consequência o conhecimento acaba caindo no esquecimento) ou então quando tentamos fazer uma análise do que vamos dizer em uma conversa.

Para superar isso, tente sempre dar um jeito de usar as novidades que forem interessantes e importantes pra você inserindo-as de alguma forma em seu dia-a-dia. Existem várias maneiras de se fazer isso, e o que eu recomendo é que você sempre procure fazer isso através de algo que você goste. É fundamental que você trabalhe a repetição de novas informações para que seu cérebro faça a aquisição delas de verdade.

Tente também não ficar pensando em português o que você vai falar em inglês em uma conversa. Você precisa ir tentando simplesmente falar em inglês. Esqueça o medo de errar! É preciso falar diretamente em inglês alguma coisa, para que ao longo do tempo você consiga ir destravando e a fala comece a sair mais naturalmente.

Obstáculo comum #2: “Eu não sei qual preposição devo usar em uma frase (in, on ou at).”

Isso já é algo mais complicado mesmo! Muitas pessoas tem esta mesma dificuldade, e eu posso te garantir que até os mais experts no idioma tropeçam nessas preposições.

Então, o meu conselho aqui é o seguinte: procure estudar um pouco sim sobre em quais situações cada uma delas devem ser usadas, mas não coloque essa preocupação na sua cabeça na hora de falar. O uso correto das preposições é algo que só é possível ir dominando melhor à medida em que você vai conhecendo cada vez mais o idioma. Vá com calma, que aos poucos dá para ir aperfeiçoando seus conhecimentos sobre o uso de cada uma delas.

Obstáculo comum #3: “Eu travo na hora de falar.”

+

Obstáculo comum #4: “Eu penso em português e isso me atrapalha. Preciso parar de pensar em português e passar a pensar em inglês.”

+

Obstáculo comum #5: “Eu me embaralho na hora de montar uma frase na minha cabeça.”

As três dificuldades acima normalmente ocorrem pelos mesmos motivos da primeira dificuldade listada entre as cinco. Portanto, as mesmas dicas para evitar esquecer as palavras na hora de falar valem para elas.

Como Falar Inglês Naturalmente Em Apenas 2 Passos

Existem 2 passos muito simples a serem seguidos para começar a falar inglês naturalmente, e esses passos servem tanto para o aprendizado através da música como por outros meios.

O primeiro passo é ouvir muito inglês. Você já deve ter lido isso várias vezes em vários sites, e esse é realmente o caminho certo. Não há como fugir disso.

O desenvolvimento da habilidade de ouvir e compreender o que se ouve em inglês está diretamente relacionado com a capacidade que você terá de se expressar em inglês. Isso acontece porque nosso cérebro precisa fazer aquisição de vocabulário da forma mais natural possível, e a forma mais natural possível é tendo contato constante com o idioma. Portanto, ouvir o idioma constantemente é fundamental para que você consiga adquirir fluência oral. Ler também ajuda, mas os benefícios de ouvir são em dobro se comparados somente ao ato de ler.

O segundo passo é tentar falar inglês. Se você não tentar, ficar com medo ou com vergonha de errar e não colocar para fora o que aprendeu, você não vai mesmo conseguir falar. É simples assim!

Eu cometo erros quando falo em inglês algumas vezes, mas nem por isso eu deixo de falar inglês quando eu quero. O importante pra mim é que eu sei que minha mensagem está sendo transmitida para a outra pessoa da melhor maneira que eu conseguir transmití-la. Eu me esforço e não me importo com os erros ou com o que podem pensar de mim falando inglês. Eu faço o que eu quero fazer e acredito que você deve fazer o mesmo!

Se você tem muita dificuldade para falar em inglês mas tem convicção de que já adquiriu pelo menos um pouco de vocabulário, comece tentando falar frases curtas utilizando pronomes, verbos e palavras que você já conheça. Converse sozinho(a) mesmo ou tente encontrar alguém que também queira tentar começar a falar em inglês. Quanto mais você utilizar o seu pequeno vocabulário e ir conhecendo novas palavras, expressões e frases simultaneamente, mais a sua capacidade de falar em inglês irá melhorar. E isso não é história pra boi dormir, é algo que você realmente percebe colocando em prática!

Well, that’s it!

Estas foram as minhas duas maiores dicas para você começar a falar inglês naturalmente.

Eu espero que você tenha gostado deste artigo!

Responda nos comentários as seguintes questões:

Você sente muita dificuldade para falar inglês? Quais são as causas dessa dificuldade? O que você faz para tentar superá-las? Você concorda com as minhas dicas?

Eu adoraria saber o que você pensa sobre este assunto!

Cheers, and all the best for you!

Ah, e em breve eu voltarei com a análise da letra da música “Livin’ On A Prayer”, do Bon Jovi. Aguarde!

– Diego

img


Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

80 thoughts on “Como Falar Inglês Naturalmente Em Apenas 2 Passos

  • Marcos

    Hello,

    In my opinion this is true, but I usually listen podcast in English but I don’t understand. This is good or bad for me?

    My level is basic… but I’m arriving at intermediate level.

    Very good post!

    Take care!

    • Diego Autor

      Hello, Marcos!

      Maybe you are not listening to audio that’s right for you. If your level is basic, you must find podcasts that are easy to understand.

      Did you try to listen the podcasts from Inglês Online blog?

      They’re awesome and not so hard to understand, and I think they can help you.

      Thanks for your comment! Glad you liked the post!

      Cheers!

    • arthur

      i think that’s good coz u try lern english liten to music , if u don’t understand u can search translater for when u go listen again u will remember a words that’s you saw before

  • Clelia

    Hello Diego,

    I loved your tips. They are just my problems! I don’t know how to speak english. I’m very shy whem I need to do it. I think I’m very afraid about it.
    But, thanks for all. I’ll try more and more, and I will never give up.
    Congratulations.
    Hugs,
    Clelia

    • Diego Autor

      Hello, Clelia!

      Glad you liked my tips! Thank you very much :D

      This is just what you need to do: don’t give up!

      Try to don’t be too much shy and you will see that speak English is not so hard as it may seem.

      I hope it helps!

      A big hug!

    • arthur

      hi my name’s arthur i studing in cna (adv 2) i was shy like u but i learn english talk alone with me .
      exe: i going to my home

      all that i see i try say the name and create a sentece

  • Wellington Lorindo

    Nice tips, Diego! I think the translations are a great form to learn english. ‘To think in english’ come with the time, with the use of the language, but you don’t need to forget the portuguese in my opinion like many teachers say.

    • Diego Autor

      Thank you, Wellington!

      Yeah, translations are a very important resource to start speak English naturally. I always do this and it helps me a lot!

      Thanks for your thoughts related to think in English and the importance of Portuguese in the learning process.

      Cheers!

  • Jonata fontela

    Ótimas dicas, Diego! Eu tô praticando muito listening. Copio transcrições, assisti vídeos, tenho uns três cadernos onde anoto coisas importantes… Enfim, o jeito é estudar pra valer e ter PACIÊNCIA, né! Diego, traduz outra música do Green Day, essa banda é muito foda! Curto pra caramba! Demais seu blog, tô adorando!

    • Diego Autor

      Valeu, Jonata, por ter curtido as dicas!

      É isso mesmo. É preciso ter paciência e continuar sempre treinando. Só assim é que se melhora o listening e as outras habilidades também.

      Pode deixar que ainda teremos mais Green Day aqui no Inglês Com Rock!

      Cheers, and all the best for you!

  • Rafael

    This is my problem! I know a lot of words, rules, but I’m very shy and I have afraid to talk in English with other people. However, this tips are amazing!
    Thanks for everything!
    Hugs

    • Diego Autor

      Hello, Rafael!

      Try to face your fears and never give up, ok? This is the secret to gain more confidence and also start to speak the language without suffer.

      A big hug!

  • Cleiton

    Hello… These motifs that you described are really what I feel… Exactly it… Now I going try to practice your advice to improve my English…

    Thank you, Diego.

  • Amanda

    As minhas dificuldades são muitas. Às vezes meu pai me faz perguntas em inglês, e eu simplesmente não sei o que responder ou respondo em português! Mas eu entendo o que ele fala, e isso me deixa um pouco desmotivada. E também minha insegurança me atrapalha, e muito. Acho que se um nativo viesse conversar comigo teríamos que falar por mímicas rsrs
    Mas acho que esses obstáculos, todo mundo já passou ou irá passar, faz parte. Afinal, aprender outro idioma não é da noite pro dia. Eu ainda estou no começo, e tenho muito o que aprender. É só termos força de vontade que alcançamos o que queremos.
    Gostei muito das suas dicas.
    Abraços.

    • Diego Autor

      É isso mesmo, Amanda!

      Eu acredito que seu maior obstáculo deve estar sendo a insegurança na hora de falar, ponto que você mesma já identificou.

      Tenha bastante perseverança que eu tenho certeza que você vai conseguir ir superando isso com o tempo.

      Obrigado por ter gostado das dicas!

      Um grande agraço!

  • Sandro

    Hi, Diego. How are you?

    Tenho dificuldades para conversar em inglês. Quando tento conversar, penso em português para depois tentar passar para o inglês, e isso me trava. Comecei a trabalhar em uma multinacional e preciso rapidamente perder este medo. Com certeza com suas dicas vou encarar meu medo e vencer esta batalha.

    Thanks for everything.

    Congratulations!

    • Diego Autor

      Hi, Sandro! I’m fine, thanks for asking me :D

      I hope things are going well for you too!

      Estou na torcida para que você consiga superar suas dificuldades, ok?

      Tomara que as dicas te ajudem de alguma maneira!

      Cheers, and all the best!

  • Renata

    Ótimas dicas! Acho que todo mundo que iniciou o aprendizado de inglês já pensou nestes fatos/frases que você citou. A diferença é que alguns perseveram, e assim ultrapassam esta barreira, enquanto outros desistem.
    Eu quero estar no 1o grupo!

    Abraços e parabéns pelo post!

    • Diego Autor

      Você tem razão, Renata. Parabéns por ter a mentalidade correta!

      Espero que você consiga superar as dificuldades para falar inglês.

      Obrigado e um grande abraço!

  • Osvaldo de Souza

    Hello, Diego,

    I completely agree with you, considering the things I’ve been trying to learn how to speak English the tips you brought are the ones I would recommend to anyone who wants to try not only English but any language.

    Talking about the practice, here in Brazil we have a very big problem. The competition among students and people who believe that speak the language, they in general do not help each other. When they have to correct a person for example, they laugh at them or make fun of it. This atitude makes others feel like not talking anymore and more and more they build walls to their conversation practice. I passed by this myself, but fortunately I did what you said, I just ignored these people and put my tongue to move, doing right or wrong, I just started talking to whoever I could and it made a big difference on my fluence and learning.

    Thank you very much for your contribution for the language learning. I am sure many people will improve a lot with your tips.

    Have a very good time and God bless you.
    Big Hug.
    Osvaldo.

    • Diego Autor

      Hello, Osvaldo!

      You’re right about the problems that we have here in Brazil.

      People here tend to not take things as seriously as they should. This happens with themselves and unfortunately they make other people feel like they cannot learn the language as well, and that’s not the true at all!

      We must concentrate on our strongest desires and just ignore these type of people. Education in Brazil is something that people need to start to give more value and attention as soon as possible.

      I think you’re doing things right, so keep going!

      Thanks for your comment and I hope these tips help you in some way.

      God bless you too.

      A big hug!

  • Wilson Ap, Santos

    Hi, Diego.
    Yes, I have much difficulty to speak in English. I believe that my problem is vocabulary, practice and I am shy. I am studying, I hear songs and I read texts. Sometimes I heard podcasts and vídeos. Yes, I agree with your tips.
    Hugs!

    Wilson

    • Diego Autor

      Hi, Wilson,

      It’s good to know that you’re already using great resources to improve your English. You just need to continue practicing so that eventually you can speak English more easier.

      A big hug!

  • Raymara Bocceli

    Ótimas dicas, Diego. Tenho um problema – até consigo entender o inglês escrito com facilidade, mas quando meu professor me faz perguntas, na maior parte das vezes não consigo entender quase nada. Tenho a impressão que os nativos juntam uma palavra na outra, falam muito rápido, daí eu fico confusa e peço para que falem mais devagar. Como faço?

    • Diego Autor

      Oi, Raymara!

      Obrigado por ter gostado das dicas :D

      Talvez você esteja precisando praticar um pouquinho mais o seu listening.

      Tente ouvir bastante inglês, de preferência todos os dias, através de músicas mais calmas, podcasts, vídeos com diálogos mais pausados e recursos desse tipo.

      É fundamental escolher áudio que seja compreensível para você, para que fique mais fácil assimilar o que você ouve e que com o tempo você consiga ir fazendo aquisição de vocabulário de forma natural.

      É preciso ouvir bastante inglês, com bastante frequência, para que sua habilidade de ouvir vá melhorando, ok?

      I hope it helps!

      Um grande abraço!

    • Diego Autor

      Hello, Nancy!

      It’s good to know that you liked my tips about speak English!

      I hope them help you a lot.

      Have a nice weekend too!

    • Diego Autor

      Obrigado, Maria!

      De qualquer forma, já voltei atrás e estou novamente utilizando o tema anterior do blog devido ao novo estar me causando dificuldades com algumas coisas. Então eu prefiro manter um tema com o qual eu já estou super familiarizado!

      A big hug!

  • cass

    Very good tips, but in Brazil, or in my school, my teacher really don’t know how to teach us English. He is not graduated, but it’s not just for it… he don’t know how to transfer the subjetc to us, and the effect is… bad grades… but my question is…
    Why they came to a school, public, and he knows that we don’t have the best education there, and that he is not capable as A TEACHER and as a “person” that really knows what he is trying to teach…
    And English it is a wonderful subject to learn, as we know how we need to comunnicate with the WORLD currently.
    Thank you!

    • Diego Autor

      Hi, Cass! Glad you liked my tips!

      Maybe your teacher are not too much prepared to give a class, or due to the little experience he has he can be finding it a little complicated. I’m not a traditional teacher, but I think that no one must be an expert in order to teach something. I’m sure he’s capable of doing it. Maybe he just need to find the way that things work better for him so that he can pass what he knows to you and your friends. Maybe he’s just with lack of motivation, I don’t know.

      Well, I hope your English classes become better along the time!

      Cheers!

  • Renildo

    Diego, curto muito suas dicas e concordo nesses pontos que você abordou. Ainda tô nos meus primeiros passos nesse idioma e quero muito aprendê-lo. Parabéns pela iniciativa e um grande abraço.

    • Diego Autor

      Muito obrigado, Renildo!

      Valeu por curtir minhas dicas e pode contar com a minha ajuda em qualquer dúvida que você tiver, ok?

      Um grande abraço!

  • Dinho

    Hello, Diego!

    Excellent tips.

    I believe that is the best way to really get fluency. Listening, listening and speaking.
    But, when I’m going to start to talk? When our vocabulary or understanding is enough? I already understand slowly speakers and short stories in podcasts, but not actually started talking.

    I think I still need to improve my listening.

    Am I wrong?

    • Diego Autor

      Hello, Dinho!

      Thank you, I’m glad you liked the tips!

      Well, since you already understand slowly speakers you are capable to start speaking the language. You just need to try!

      Use the pronouns and the verbs that you already learned, and try to speak some phrases. Commit to learn new words every day in order to improve your vocabulary as well, so that you can improve your fluency.

      Listening is something that you really need to be improving every single day, so don’t stop it, ok?

      Cheers, and all the best!

  • Nancy

    Hello, Diego. I entirely agree with your tips. My problem is that I get nervous and afraid to make mistakes, and my listening is not good, despite of people say that I have a good pronunciation.
    I don’t have opportunity of developing my English conversartion, because I have no one to talk English to me. I’m thinking to record questions and myself answer them. It’s fatiguing, but I don’t have no choice.
    All the best,
    Nancy

    • Diego Autor

      Hello, Nancy!

      Unfortunately, the fear of speak English and make mistakes tends to paralyze people in general. But, the truth is there’s no reason to feel this fear. You need to try without being shy. Do not care about what other people can think of you speaking English, ok?

      I think that record questions and answer them can be a good alternative to simulate a real conversation, and I totally recommend that you try it, and if it’s possible, return here and share with me how was this experience. I would love to know if it helps!

      And don’t forget to always be trying to improve your listening because this is one of the most important skills when it comes to truly learn another language.

      See you!

  • Mateus

    Já tive bastante medo de falar em inglês, mas hoje isso diminuiu consideravelmente. No entanto, normalmente eu me reservo para falar somente quando necessário (com uma pessoa que só entende inglês mesmo, por exemplo).

    Também estudo japonês, mas por algum motivo eu não tenho tanto receio de falar em japonês quanto eu tenho com o inglês, mesmo tendo um domínio muito maior da língua inglesa. Não sei o motivo, mas me sinto mais confortável com o japonês. Acredito que deve ter algo a ver com a questão da pronúncia.

    • Diego Autor

      Olá, Mateus!

      É interessante o fato de o japonês te intimidar menos na hora de falar do que o inglês. :D

      O importante é tentar praticar sempre que possível para que o idioma vá se tornando mais natural para você ao longo do tempo.

      Um grande abraço!

  • Cesar

    Hi, Diego!

    I was reading your tips and agree everything that you told.
    My problem is that I’m very shy and this complicates the things for me in the time of speak English, however, you helped me too much.
    I’m glad for the tips. Hugs! God bless you.

    • Diego Autor

      Hi, César!

      I’m very happy to know that you liked my tips. Thanks!

      I know that it’s not so easy to overcome the shyness, but the best thing you can do is face it with baby steps. You need to start to speak something in English so that you can improve your speaking skill and become more confident of yourself. It requires a lot of practice, but I’m sure you can do it!

      God bless you too!

      A big hug!

  • Yuri Castilho Wermelinger

    Awesome post. I can already speak with reasonable fluency, but it’s far from what I want…
    My main difficulty is using the correct grammar, like prepositions (at, in or on), the order of verbs and pronouns in afirmative or interrogative sentences, sometimes I use “have” rather than “has” in 3rd person of present perfect…
    I know that grammar mistakes aren’t SO SERIOUS but I think that is important to speak and write the most properly possible, especially in some situations, such in the work.
    My listening abilities is another thing that I want to improve. Now I can watch movies and series with english subtitles and I can understand musics with lyrics, I wish I could watch\understand without subtitles\lyrics.
    Thank you and keep blogging, I must praise your excellent work.

    • Diego Autor

      Hello, Yuri!

      I’m glad you liked the post!

      It’s good to know that you are using resources that shows the real life English, like musics, tv series and movies as well. Just keep practicing your listening with these resources and I’m sure your abilities will improve. Along the time you will begin to understand what you listen/watch much better and without the subtitles.

      And don’t worry too much about grammar mistakes. Remember this: the most important thing when you try to speak another language is to be able to communicate your message to the people around you. This is only what matters!

      Thanks for your kind words!

      See ya!

  • Ingrid Pasito

    Eu tenho muita dificuldade para falar inglês, e o que mais me incomoda é o fato de eu fazer aulas há uns 2 anos. Eu sou muito retraída, porque infelizmente ligo muito pro que os outros dizem e acabo me prejudicando. Eu tento passar por cima ficando para as aulas de reforço, pois a quantidade de alunos é menor, me sinto menos exposta.
    Creio eu que suas dicas podem ajudar muito, sim. Passei a prestar atenção nas letras das músicas que ouço, do que apenas só ouví-las.
    Como sempre digo, Diego salvando minhas noites haha.
    Big hug and good night!

    • Diego Autor

      Oi, Ingrid!

      A timidez é algo que muitas vezes se transforma numa barreira mesmo, e só quem é tímido sabe como é isso (eu sou bastante também). Mas o segredo está justamente em conseguir ir se desligando disso de ligar para o que os outros pensam ou dizem de você fazendo qualquer coisa que seja, inclusive falar inglês.

      Eu espero que você consiga ir superando essa dificuldade ao longo do tempo! Confie em si mesma, tenha coragem sempre! E tomara que eu consiga salvar mais algumas noites suas haha!!

      A big hug!

  • Debora

    Olá Diego tudo bem? Estou no nível “basicãooooo” kkk. Adorei seus tópicos, não tive oportunidade de aprender a língua quando mais jovem, porém agora estou realizando um sonho, mas as dificuldades são grandes e a ansiedade mais ainda, vou seguir seus “conselhos” e persistir!

    Abraços!

  • Frank

    Thanks for share us. Me and my friends are studying english at company and we’re using music to learn and understand this language.

    Hugs.

  • Leticia

    Eu tenho muita dificuldade em falar a lingua inglesa, mas ja faz 5 anos que eu vou para o curso, o que me deixa com mais raiva, as vezes o professor fala comigo, eu sei o que falar, mas me confundo nos tempos verbais

  • Edmar

    hi I’m Edmar , help me ,This is my problem! have difficulty talk in English with other people.to understand and think in English, help me

  • Eva Portela

    Olá, Diego, tudo bem?

    Eu continuo com as minhas dificuldades… a de falar principalmente. Eu tento, mas fico com vergonha de errar sempre…e acabo não desenvolvendo… muitas vezes não consigo formar uma frase, devido à timidez.

    Abraços.

  • Marta Reis

    Hi Diego

    Voce descreveu muito bem as principais dificuldades para falar Ingles. Vivo no Canada há 8 meses
    cheguei aqui com nivel 3 para falar, nivel 4 para ouvir e 5 para ler, fui avaliada aqui e estudei durante 4 meses aqui e agora estou fazendo um curso técnico na área de turismo. A professora quando ve um trabalho meu escrito fala que tenho um vocabulário de alto nivel, mas quando tento falar eu gaguejo muito, consigo me comunicar e meus professores me entendem muito bem mas quando falo com o meu marido ele sempre me entende mas sugere que eu fale de outra forma, como por exemplo, eu perguntei para ele: I need to know if will be raining tomorrow, because I’d like to know what I should be dressed. And than he told me, why you don’t ask , what’s the weather tomorrow? Eu ainda estou estudando e não tenho fluencia e tenho todas as dificuldades que voce listou acima.

  • Jair Rodrigues Silva

    Hello!

    Eu tenho minhas dificuldades, mas vou indo na esperança de aprender um segundo
    idioma.

    Thank you very much.

  • Wesley

    quem posta é a Fabiana, quem responde é o Diego, Diego é dono do site, nenhuma menção a Fabiana, mas todos post são dela Oo , estou confuso sobre quem eu devo agradecer a esse site ótimo kkkkkk Obrigado a todos :)

  • Eduani

    Hi there!
    I’ve much difficulties to write in English without check the
    “translate” to see my mistakes. I’m trying to do compositions by myself, but, I always end translating by distrust. I don’t write in portuguese,only use translate to check… Is it wrong? What I need to do to improve? May you help me?

  • Macela Alencar

    Eu sinto muita dificuldade, possuo as 5 dificuldades, mas estou me esforçando. Vou tentar colocar suas dicas em prática. Obrigada!

  • Jasminny

    Show de bolaaaa!!

    Com toda a certeza do mundo após a leitura
    desse artigo eu certamente estou mais próximo
    da minha fluência e naturalidade do inglês
    como minha segunda língua!!

    obggg ;D

  • adriana melo

    Boa tarde.

    Estou fazendo aulas de inglês e a pronúncia da professora é do inglês britânico que particularmente acho mais bonito o sotaque.
    O que você considera de diferente para o inglês americano? Quais músicas indica para obter uma pronúncia bacana?
    Aguardo contato.

    Adriana Melo

    • Priscila Klopper

      Olá, Adriana!
      Aqui é a Priscila. Tudo bem?
      Músicas com inglês britânico têm várias legais e eu indico minha banda favorita: The Beatles!
      Dá pra perceber bem forte na música “Getting Better”. O sotaque é muito lindo realmente :)

  • NReis

    Oi!
    Sim,embora ja more em Londres a dois anos. Eu sinto mt dificuldade em pronunciar as palavras.
    O que eu fasso? Assisto filmes e ouco musicas so em ingles.
    Concordo e as aceito!
    Muito obrigado

  • Cassandra

    Como não pensar em português? Gostaria de uma resposta clara porque ate agora não consigo fazer isso e não entra na minha cabeça como fazer.

    • Priscila Klopper

      Olá, Cassandra! Aqui é a Priscila, tudo bem?

      Não se cobre muito, no começo. Como nós já temos uma língua, é naturalíssimo traduzir as coisas no inicio.
      Quando dizemos para que não traduza sempre tudo é porque muita gente procura ao pé da letra e isso acaba prejudicando (por exemplo, uma expressão que exista em inglês e se for traduzida ao pé da letra vai soar muito estranho pra nossa cultura).
      Então, sempre que puder, não traduza – isto é, se você tiver em situações onde você puder ao invés de achar uma palavra, você procurar IMAGENS, já facilita.
      Exemplo: Você aprende a palavra “chair” e ao invés de você pensar que é uma “cadeira”, você vai no google e escreve “chair” e você vai ver o que é, em imagem. Por mais que você veja a imagem e pense “cadeira”, seu cérebro já vai acostumar àquela imagem. Então quando você
      ouvir “chair”, aquela imagem virá :).
      Mas existem coisas do tipo advérbios, preposições, etc, que são impossíveis de ter representações, então não faz mal nenhum traduzir.
      O grande perigo de se traduzir, eu já disse, é porque muita gente tenta ver sentido nas coisas apenas traduzindo e não é sempre que isso pode acontecer.
      Dê uma olhada nesse vídeo super engraçado e talvez entenda melhor o que estou dizendo:
      https://www.youtube.com/watch?v=aRA4ZJi3m-8
      Espero ter ajudado!
      Qualquer coisa, nos escreva! ;)

  • Elizabeth Banov

    Gostei bastante dos comentários e da maneira , simples e prática a maneira que colocou as informações. Tenho todas as dificuldades acima, mas sou menos medrosa e quando preciso eu falo mesmo que muitas vezes errado. Acredito que minha maior dificuldade é com o passado , nunca coloco i did no tempo certo e nem o does. É isto . abraços

  • Junior

    Muito boa a dica… Creio que o basico da lingua é se fazer entender e para isso nos devemos falar sem vergonha.
    Creio que os grandes críticos são os que tem receio de falar e errar.